Postado em 12 de Março de 2019 às 17h56

Descarte irregular de lixo: conscientização e cuidado dobrado!

 

            Em Chapecó, cerca de 350 famílias garantem a sua renda por meio da coleta de materiais recicláveis, no total o município conta com 14 associações que desenvolvem este trabalho. De acordo com a Prefeitura Municipal de Chapecó, diariamente são produzidos 17 toneladas de lixo reciclável e 144 toneladas de lixo orgânico.

No entanto, ainda é necessário considerar os resíduos descartados de forma irregular em terrenos baldios de propriedade privada, ou pior ainda: descarte de materiais em vias públicas.
 
            Por meio das redes sociais e do Gabinete Virtual, o mandato do Vereador Cleiton Fossá recebe denúncias que abordam diversas problemáticas relacionadas a coleta de lixo e a conscientização.
 
Entre elas, a moradora do bairro São Pedro, Kassyane Fontana, relatou que em frente a sua casa há acúmulo de entulho e, como se não bastasse, a vizinhança enfrenta PROBLEMAS com o MATO ALTO, neste caso é causa até mesmo de acidentes. “Temos uma sanga aqui, mas com o mato não é possível identificar, daí pessoas e veículos acabam caindo dentro”, disse.
 
            Para tentar solucionar o caso da comunidade do São Pedro, o vereador Cleiton Fossá, por meio de indicação, apontou as NECESSIDADES de criar medidas que resolvam os casos deTodavia, este não é o único caso e nem sempre a indicação resolve efetivamente o problema. “A primeira tentativa foi em janeiro, mas ainda o descarte está sendo feito de forma inadequada. Outro problema é que o lixo, além da sujeira, está gerando alagamentos”, frisa Kassyane.

 

Alguns cidadãos despertaram dúvidas em relação aos materiais que os Ecopontos do município recebem, são eles: 
  • Eletroeletrônicos;
  • Móveis desmontados;
  • Galhos;
  • Vidros e
  • Peças automotivas.
Entre as dúvidas, cidadãos questionam o propósito dos contêineres disponibilizados nos bairros de Chapecó. O contêiner de cor VERDE é utilizado para o armazenamento de lixo úmido ou orgânico. O contêiner LARANJA é utilizado para descartar o lixo seco e reciclável.
 
            “O descarte de lixo deve ser feito da melhor forma possível, começando dentro da nossa casa com a separação mínima do lixo em orgânico e reciclável. Quando o descarte é feito de forma errada os resíduos que poderiam ser reaproveitados para reciclagem vão para os aterros e/ou ficam expostos ao acúmulo da água, contribuindo assim para a proliferação dos mosquitos da dengue, além de contribuir para a contaminação do solo e da água, pois muitos dos objetos possuem agentes químicos que vão liberando com o tempo”, ressalta a estudante de Engenharia Ambiental e Sanitária, Nadine Negrão.
 
            Para dar o destino correto para o seu lixo, o Vereador Cleiton Fossá orienta entrar em contato ou ir até os Ecopontos de Chapecó, localizados na Secretaria de Infraestrutura Urbana, Rua Sete de Setembro, próximo a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), do bairro Presidente Médici, ou no bairro Efapi, na Rua Garças, nº 226-D.
 
Ambos recebem materiais entre as 7h à 18h. O óleo de cozinha pode ser descartado no Verde Vida- Programa Oficina Educativa, ou nas feiras livres. Já o descarte de pneus, é necessário ir ao Ecoponto que recebe apenas esse material, localizado na rua Israel, bairro Maria Goretti, nº 240.
 
            “Nos casos de acúmulo de lixo e entulhos em vias públicas é responsabilidade do município -que vai tentar identificar o cidadão e responsabilizá-lo pelo descarte incorreto do lixo- recolher.”
 
Porém, a princípio não há elementos jurídicos que obrigue a secretaria de buscar entulhos de moradores que não conseguem ir até o Ecoponto descartar CORRETAMENTE.
 
“ Ano passado o município organizou um calendário mensal para recolher os entulhos, mas a princípio existe uma determinação do Ministério Público para não desenvolver tais ações. Então é necessário um esforço de todos: da Prefeitura, oferecendo o local apropriado para descarte, e dos cidadãos, que precisam ter a consciência de que o acúmulo de lixo em terrenos ou qualquer lugar indevido pode trazer riscos para a saúde e complicações para o meio-ambiente ”, conclui o Vereador Cleiton Fossá.
 
 
Alessandra Favretto, Assessoria de Comunicação Cleiton Fossá.

Foto: Kassyane Fontana


 

Veja também

Fossá elogia atuação de promotor11/03/14 Chapecó - Da tribuna da Câmara, o vereador Cleiton Fossá parabenizou nesta terça-feira (11) o promotor Jackson Goldoni, da 10ª Promotoria de Justiça de Chapecó, que ajuizou Ação Civil Pública para que o município de Chapecó insira no site da prefeitura todos os valores e documentos previstos pela Lei de Acesso à Informação. Fossá ressaltou que já havia denunciado a falta de informações no Portal da Transparência,......
Você Vereador: Ajude a mudar a política, participe!24/07/18 Chapecó – O mandato do vereador Cleiton Fossá lançou, no último dia 16, o quadro “Você Vereador!”. A proposta é incentivar e “ceder” espaço para que a população possa......
Gabinete Virtual ajuda o cidadão a solicitar asfalto25/07/18 Chapecó – Pedido de pavimentação asfáltica segue sendo uma das principais demandas recebidas, através do Gabinete Virtual, Redes Sociais e WhatsApp, pelo mandato do vereador Cleiton Fossá. Ele recorda que em......

Voltar para NOTÍCIAS