Postado em 17 de Agosto de 2017 às 17h17

Fossá busca solução para o Aeroporto de Chapecó

Brasília/DF - Verificar o andamento de procedimento de viabilidade financeira para transferir a administração do aeroporto Serafim Enoss Bertaso, de Chapecó, para a Infraero. Este foi o principal objetivo da agenda do vereador Cleiton Fossá em Brasília, na manhã desta quinta-feira, em reunião com o diretor de Aeroportos, Weber Ciloni; diretor de Gestão e Navegação Aérea, João Marcio Jordão; diretor jurídico e de Assuntos Regulatórios, Eduardo Roberto Stuckert Neto; e com participação de Dionei Walter da Silva, assessor do deputado federal Mauro Mariani. O aeroporto de Chapecó é essencial para o fomento da economia, não apenas local, mas interestadual, por ser referência não só para a região oeste de Santa Catarina, como também para diversos municípios limítrofes dos estados do Paraná e Rio Grande do Sul. O local possui demanda reprimida, de acordo com os diretores da Infraero, com movimento crescente igual ao aeroporto de Joinville. 'Precisamos ser mais eficientes, pois o aeroporto de Chapecó é estratégico para o desenvolvimento da cidade e de toda região', comentou o vereador Fossá. Há anos o aeroporto vem sendo objeto de muitos discursos e pouca ação prática. O vereador buscou a Infraero para identificar se há existência de estudos e/ou procedimentos que permitam analisar as vantagens ou desvantagens em passar a administração do aeroporto para o órgão. A resposta obtida é que o procedimento protocolado na Infraero é de 2015 e atualmente está suspenso, necessitando de nova provocação institucional para atualizar os dados técnicos. Ainda, que há necessidade de melhorias urgentes na infraestrutura para o atendimento satisfatório da legislação de aviação. Dentre cenários possíveis, existe a possibilidade de contratação direta da Infraero para administrar o aeroporto ou a devolução desta obrigação, e do aeroporto, para a responsabilidade da União, que poderia contratar a Infraero ou licitar. Conforme dados da empresa, experiências demonstram que a transferência da administração do aeroporto melhora a qualidade e expansão do serviço, já que municípios muitas vezes não detém possibilidade ou capacidade técnica e financeira para administrar diretamente ou até mesmo fiscalizar os serviços delegados ou concedidos. Fossá salienta que buscará informações junto à prefeitura de Chapecó, para verificar se há decisão politica sobre o aeroporto, bem como, provocar de forma institucional a Infraero para que atualize os estudos de viabilidade técnica e financeira do aeroporto Serafim Enoss Bertaso. 'O aeroporto de Chapecó deve estar a altura dos 100 anos de Chapecó. Por sua importância econômica, é importante que o local seja ampliado e administrado de maneira a receber investimentos e melhorias em sua infraestrutura. Não só Chapecó, mas toda uma região vão ganhar', finaliza Fossá.

Veja também

Inscrição para o Enem termina nesta sexta-feira17/05/18 Chapecó – Os estudantes que querem fazer a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2018 têm até às 23h59 de sexta-feira (18) para fazer a inscrição, pela internet, na página do participante do Enem. Mesmo os candidatos que pediram isenção da taxa do Enem devem fazer a inscrição para a prova. O pagamento da taxa......
Cleiton Fossá avalia três anos de mandato16/12/15 Chapecó - Encerrando o ano de 2015, Cleiton Fossá completa três anos como vereador de Chapecó. Neste período, Fossá promoveu debates em áreas que impactam diretamente nas vidas dos cidadãos chapecoenses, buscando resolver problemas cotidianos e planejando o......

Voltar para NOTÍCIAS