Postado em 20 de Novembro de 2014 às 19h25

Fossá chama atenção para o combate às drogas

Câmara (84)Chapecó (304)Cleiton Fossá (314)Governo Federal (3)Vereador (224)
Chapecó - O vereador Cleiton Fossá teve aprovada indicação que solicita à prefeitura de Chapecó que busque firmar convênio junto ao Ministério da Justiça para acessar o programa 'Crack é possível vencer'. Conforme Fossá, o programa do governo federal tem o objetivo de atuar em áreas de maior incidência do comércio e uso de drogas, prevenindo e reprimindo esta prática. O vereador, que preside a Comissão de Segurança Pública e Cidadania, argumenta que o alto índice de criminalidade que assola Chapecó está, muitas vezes, relacionado ao tráfico e ao uso de drogas, especialmente o crack. 'O poder público tem o dever de se preocupar com as pessoas que necessitam de orientação, prevenção e tratamento. Por isso, apresentei a indicação', explica. O programa compreende frentes de prevenção e atuação. Dentro os aspectos, a iniciativa integra vários grupos sociais, trabalhando, simultaneamente, na prevenção, no combate, na reabilitação e na reintegração social. 'Isto é feito através de prevenção nas escolas, capacitação profissional nos órgãos da saúde, segurança pública, assistência social e operadores do direito', resume Fossá.

Veja também

Fossá diz que bancos deixam de pagar R$ 10 mi à prefeitura14/08/14 Chapecó - Evitar a sonegação de impostos e aumentar a arrecadação de Chapecó. Estes são os principais objetivos do requerimento apresentado pelo vereador Cleiton Fossá na Câmara de Vereadores de Chapecó. Conforme Fossá, existe um hábito negligente dos municípios brasileiros no que diz respeito a falta de cobrança do Imposto Sobre Serviços (ISS) nas atividades bancárias, que deve ser pago às prefeituras pelas......
Fossá encaminha demandas ao Fórum Parlamentar04/10/13 Chapecó - O vereador Cleiton Fossá participou na tarde desta sexta-feira (4) da reunião do Fórum Parlamentar Catarinense, realizado em Chapecó. Fossá fez uma manifestação abrangendo três áreas específicas. A primeira foi um pedido para que a bancada......

Voltar para NOTÍCIAS