Postado em 15 de Janeiro de 2014 às 18h28

Fossá propõe delegacia de homicídio com estrutura própria

Segurança Pública (12)Delegacia (3)Cleiton Fossá (314)Chapecó (304)
Chapecó - O crescente aumento da violência em Chapecó está provocando pânico na população chapecoense. Em 2013 foram 44 homicídios e mais quatro latrocínios (roubo seguido de morte). E 2014 iniciou com números alarmantes: nos primeiros 15 dias de janeiro já foram registrados sete assassinatos. Como presidente da Comissão de Segurança Pública e Cidadania da Câmara de Vereadores, Cleiton Fossá está preocupado com a situação. Após cobrar o aumento do efetivo policial, o vereador está propondo agora que a Unidade Especializada em Homicídios de Chapecó tenha estrutura própria. Atualmente, ela funciona junto à Central de Polícia e conta apenas com um delegado e dois policiais. 'A estrutura atual é precária. Mesmo assim, os policiais desempenham muito bem suas atividades. É urgente a necessidade de aumentar o efetivo policial e uma estrutura adequada, necessidade de todas as delegacias'. Mobilização Fossá encaminhará moção à Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP). Porém, explica que é preciso uma mobilização em Chapecó para que a proposta saia do papel. O vereador cita que os poderes constituídos (executivo, legislativo e judiciário) local, as entidades de classes, associações, sindicatos, e a população em geral precisam 'comprar'a ideia e agirem de forma organizada para pressionar o Governo do Estado. 'O desafio está lançado', diz. Números Em reunião da Comissão, dia 8, Fossá apresentou o número de policiais militares e civis em Chapecó, conforme dados da SSP: são 287 militares e 90 civis. Isso representa um policial militar para cada 690 habitante e um policial civil para cada 2.202 habitante em Chapecó. Com base nisso, o vereador quer que o Estado realize um estudo urgente, fixando o efetivo policial com o crescimento populacional através Lei. 'Assim não haverá defasagem de efetivo', conclui.

Veja também

Nova feira substituirá a cancelada Efapi. E a crise'13/07/15 Chapecó - A prefeitura de Chapecó cancelou a Efapi 2015 alegando a crise econômica. Duas semanas depois, empresários anunciam que vão realizar uma nova feira, chamada Expo Oeste, praticamente na mesma data e com o mesmo formato da Efapi. Isso só demonstra quão incompetente é a administração municipal de Chapecó. Não tiveram capacidade de ir em busca de recursos para viabilizar a Feira. Ainda, isso explica o motivo......
Audiência Pública reforça necessidade de novo Distrito Industrial em Chapecó30/10/15 Chapecó - A Câmara de Vereadores de Chapecó promoveu, na noite de quinta-feira (29), Audiência Pública para discutir a implantação de um Distrito Industrial na região Leste do município, contemplando, principalmente, os bairros São Pedro, Bom Pastor, Boa......

Voltar para NOTÍCIAS