Postado em 04 de Maio de 2020 às 18h40

Projeto de Lei propõe levar asfalto para as estradas rurais de Chapecó

Cleiton Fossá | Vereador O vereador de Chapecó, Cleiton Fossá, preocupado com a população do campo, através do Projeto de Lei Ordinária (L) 25/2020, busca a criação do Programa Asfalto no...

O vereador de Chapecó, Cleiton Fossá, preocupado com a população do campo, através do Projeto de Lei Ordinária (L) 25/2020, busca a criação do Programa Asfalto no Campo.

O projeto tem o objetivo de proporcionar melhor infraestrutura das estradas situadas na zona rural, contribuindo ativamente para o bem estar e desenvolvimento de quem mora no campo.

“Da estrada de chão ao asfalto, essa mudança é ótima, pois além da comodidade para o deslocamento, com segurança e rapidez, o transporte da produção será potencializado”, afirma Fossá.

Com o Projeto de Lei, será possível garantir a manutenção do Programa ao longo do tempo, independente de quem assumir a prefeitura de Chapecó. Além de garantir a previsão orçamentária anual específica para sua realização.

As estradas rurais asfaltadas atingem diretamente em diversas questões, como: agilidade do escoamento da produção, o recebimento de equipamentos e produtos, segurança para o transporte escolar e comodidade e bem estar às famílias rurais.

No município, são cerca de 1.661 estabelecimentos agropecuários, que ocupam uma área superficial de 30.710 hectares de solo, de acordo com o Censo Agropecuário do ano de 2017.

A péssima situação das estradas prejudica e afeta, não apenas a população, mas à própria economia, devido às dificuldades de escoação da produção. Por isso, a importância de estrutura adequada para o trabalhador e trabalhadora do campo.

De acordo com o Plano Municipal de Desenvolvimento Rural, Chapecó compreende cerca de 1500 km de estrada de chão, que em muitos locais apresenta condições precárias de conservação e trafegabilidade.

“Uma estrada de qualidade para a Agricultura é uma condição essencial que fomenta a produção, o escoamento, além de representar valorização, pois só quem vive da agricultura sabe o que significa poder trafegar por uma estrada de qualidade, com segurança e comodidade”, salienta Cleiton Fossá. 

Outro fator bastante importante é em relação ao êxodo rural, em que muitas comunidades sofreram com o esvaziamento populacional ao longo dos tempos. O trabalhador sem valorização e investimento deixa o campo em busca de uma vida melhor. 

Contudo, essa medida, além de superlotar as cidades, gera a diminuição da população rural e automaticamente diminui a produção de alimentos e matéria-prima. 

O Programa que leva asfalto ao campo, também busca possibilitar o retorno em melhores condições às pessoas que moravam no meio rural e acabaram deixando para trás o sonho de produzir alimento.

 

 

 

 

Para outras informações e sugestões, você pode entrar em contato através do WhatsApp, ou pelas redes sociais Facebook e Instagram.







Assessoria de Comunicação Vereador Cleiton Fossá

 

 

 



  • Cleiton Fossá | Vereador -

Veja também

Governador de SC desativa 15 Secretarias Regionais e 4 Executivas21/02/18 Florianópolis – O governador Eduardo Pinho Moreira decidiu desativar 15 Secretarias Regionais e 4 Secretarias Executivas. Vai economizar R$ 15 milhões de reais somente com despesas com comissionados e mais R$ 30 milhões com despesas de aluguéis veículos, energia, etc, o que deve totalize R$ 45 milhões de reais. Representarão redução de 20% dos......
Urgente: 266 casos confirmados de Coronavírus em Chapecó08/05/20 A prefeitura municipal de Chapecó informa nesta sexta-feira (08), que há mais 33 pessoas infectadas com a Covid-19. Totalizando 266 casos confirmados até o momento. Estão recuperados da doença 26 pacientes e nenhum......

Voltar para NOTÍCIAS