Postado em 13 de Novembro de 2018 às 14h09

Emenda prevê mais R$ 2 milhões para a educação

Cleiton Fossá | Vereador Chapecó – A área da Educação em Chapecó possui o segundo maior orçamento para 2019, de acordo com a Lei Orçamentária Anual (LOA) que está na...

Chapecó – A área da Educação em Chapecó possui o segundo maior orçamento para 2019, de acordo com a Lei Orçamentária Anual (LOA) que está na Câmara de Vereadores para votação. O total previsto é R$ 1.032 bilhão, sendo R$ 206,1 milhões para a Educação. Neste valor, R$ 130 milhões são destinados ao Ensino Fundamental e R$ 61,2 milhões para a Educação Infantil.

Embora os recursos sejam elevados, o vereador Cleiton Fossá explica que os valores são para cobrir apenas os gastos anuais com as escolas municipais e CEIMs, mas sem atender novas demandas. Ele cobra da administração municipal o aumento do número de vagas em regime integral, a ampliação do horário de atendimento dos CEIMs, e a criação de horários alternativos de funcionamento.

As medidas, comenta Cleiton Fossá, tem o objetivo prioritário de atender os filhos de trabalhadores da agroindústria e do comércio. O vereador apresentou uma emenda que destina R$ 2 milhões para a Secretaria de Educação, a fim de contemplar essas necessidades. “Chapecó precisa avançar neste ponto e oportunizar vagas em horários diferenciados para os filhos dos trabalhadores”, diz.

Cleiton Fossá fala que a medida é totalmente possível e já existem exemplos em outros municípios. Ele ressalta que não é ensino noturno, mas um local digno para que os pais possam deixar os filhos. Ainda, que a carga horária dos professores e servidores não será alterada. “A emenda destina valores específicos para vagas em períodos alternativos e ampliação do regime integral”, comenta.

Números

Conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no ano passado foram realizadas em Chapecó 4.658 matrículas no ensino pré-escolar, nas 66 escolas municipais, e 9.995 matrículas no ensino fundamental, nas 41 escolas municipais. “Precisamos comprovar se as vagas atuais atendem as necessidades e a demanda, para que todos sejam atendidos”, finaliza.

Outras emendas

O vereador fez quatro emendas na LOA. Além a já citada, duas são na área da Saúde, uma de R$ 2 milhões para o atendimento e melhorias no Hospital da Criança e outra, no mesmo valor, para dar maior rapidez nas consultas de média complexidade e para os exames médicos. A quarta emenda destina R$ 1,5 milhão para a Vigilância Sanitária, a fim de ser revertida à causa animal.

 

Bruno Pace Dori, Assessoria de Comunicação Cleiton Fossá

Veja também

Coronavírus - Entenda o que é a Doença e saiba o que fazer!17/03/20        Eventos cancelados, aulas canceladas, cidades vazias e uma epidemia que assusta, adoece e pode levar a morte. A doença causada pelo Coronavírus recebeu o nome de Covid-19, e teve os primeiros casos registrados em 2019, na China.         De lá pra cá, o vírus infectou cerca de 169.000 pessoas em todo o mundo, com mais de 5.800......

Voltar para NOTÍCIAS