Postado em 21 de Novembro de 2016 às 15h30

Fossá critica reajuste do transporte coletivo

Chapecó - O reajuste do valor da tarifa do transporte coletivo, anunciado pela prefeitura de Chapecó na noite da última sexta-feira, pegou a população chapecoense de surpresa. O aumento foi de 11,62% para o valor antecipado no cartão e 12,07% na compra na hora, passando para R$ 2,98 e R$ 3,25, respectivamente. Para o vereador Cleiton Fossá, este novo reajuste penaliza não apenas os trabalhadores, mas os empresários, já que eles arcam com parte do pagamento para os funcionários. Segundo o vereador, a notícia de que as empresas concessionárias solicitaram 20% de reajuste, mas a prefeitura concedeu 10%, é 'falaciosa'e 'jogo combinado', que serve para tentar amenizar o impacto do aumento. Ainda, de acordo com Fossá, o anúncio feito sempre na noite de sexta-feira e sem diálogo com a sociedade, é uma tentativa de dificultar possíveis protestos da população e até limitar o trabalho de divulgação da imprensa. 'Esta tática é usada em todas as oportunidades'. Para Fossá, o argumento de crescimento do valor de insumos não se justifica. 'Ainda em 2013, por exemplo, quando o governo federal exonerou impostos das empresas do transporte coletivo, as tarifas não foram diminuídas em Chapecó'. Conforme ele, antes de um novo reajuste, era preciso ter cobrador em todas as lotações; mais linhas e horários, principalmente para os trabalhadores do comércio e agroindústria; abrigos de passageiros dignos e com acessibilidade e melhorar a frota.                                       Reajustes             Antecipado   Na hora Anterior                 R$ 2,03         R$ 2,30 Outubro/2012         R$ 2,20         R$ 2,50 Outubro/2014         R$ 2,47         R$ 2,70 Julho/2015            R$ 2,67         R$ 2,90 Novembro/2016      R$ 2,98         R$ 3,25

Veja também

Fossá defende alteração no sistema de numeração15/03/17 Chapecó - O vereador Cleiton Fossá apresentou e teve aprovada Moção de Apelo, enviada ao Poder Executivo, para que sejam tomadas as medidas e esforços possíveis para a reconfiguração do sistema de CEP e numeração de logradouros públicos em Chapecó. Conforme o vereador, é notória a grande dificuldade que os Correios possuem na entrega de correspondência no município, especialmente nos novos bairros e......
Bancada de oposição recorre ao MP/SC16/01/14 Chapecó - Diante da polêmica em Chapecó sobre a mudança na cobrança da Taxa de Coleta de Resíduos (TCR), que gerou acréscimos que atingiram até 1.000% em alguns casos, a bancada de oposição na Câmara de Vereadores de Chapecó, composta pelos vereadores Nacir......

Voltar para NOTÍCIAS