Postado em 23 de Novembro de 2015 às 19h32

Fossá presta contas no Bormann

Chapecó (304)Cleiton Fossá (314)Prestação De Contas (3)Vereador (224)
Chapecó - O vereador Cleiton Fossá esteve reunido neste fim de semana com moradores do Distrito de Marechal Bormann, em Chapecó. O parlamentar prestou contas da atuação do mandato, especialmente das ações voltadas àquela comunidade. Aproximadamente 50 pessoas participaram da atividade, onde puderam tirar dúvidas e encaminhar novos pedidos. Fossá aproveitou para mostrar o mapa contento detalhes da regularização fundiária do Distrito, bem como, explicando os próximos passos. Na última semana, o projeto de regularização fundiária foi aprovado na Câmara de Vereadores. Agora, após a lei ser sancionada, é preciso averbar os lotes no cartório de registro de imóveis, o que deve ocorrer nos próximos meses. O vereador lembrou que a regularização dos terrenos no cartório de registro de imóveis deverá ocorrer de maneira gratuita. A proposta foi apresentada por Fossá na audiência pública do Plano Diretor ocorrida no Bormann, em janeiro de 2014, e aprovada naquela ocasião. 'A regularização fundiária é uma luta antiga e uma grande conquista dos moradores', diz. Embora seja vereador de oposição, Fossá reconhece os méritos do poder público na regularização fundiária ocorrida no Bormann, assim como a extensão do horário de funcionamento da Unidade de Saúde até às 19h, que era outra pauta de seu mandato. 'Aos poucos vamos conseguindo avanços no Distrito. Alguma coisa já foi feita, mas ainda precisamos de muito mais', pondera.   fossá presta contas no bormann 1 fossá presta contas no bormann 2 fossá presta contas no bormann 4

Veja também

CPI do Asfalto: relatório paralelo é entregue ao MP24/04/14 Chapecó - Os vereadores do bloco de oposição em Chapecó protocolaram no início da noite desta quarta-feira (23), na 10ª Promotoria de Justiça de Chapecó, o relatório produzido de forma paralela e documentação coletada durante a tramitação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Asfalto, que durou entre outubro de 2013 e março deste ano. A banca de oposição discorda do relatório oficial da CPI, que pediu o......

Voltar para NOTÍCIAS