Postado em 17 de Abril de 2020 às 15h29

Nota de Repúdio

Cleiton Fossá | Vereador        O vereador Cleiton Fossá repudia o comentário na rede social do humorista Léo Lins, que sugere a liberação da quarentena para cidades sem importância,...

       O vereador Cleiton Fossá repudia o comentário na rede social do humorista Léo Lins, que sugere a liberação da quarentena para cidades sem importância, entre elas, Chapecó.

       Em meio à pandemia, reconhecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que já vitimou quase 150 mil pessoas em todo mundo e contamina um número expressivo, o comentário do humorista é altamente de mau gosto e desnecessário.

       Nesta irresponsável fala, ele ironiza à pandemia, atinge diretamente a população chapecoense e demonstra total falta de empatia e respeito à vida.

       Além de desconsiderar 100 anos de história da Capital do Oeste, que ao longo dos anos, se firmou como o principal polo de desenvolvimento econômico no Oeste de Santa Catarina.

       Piadas dessa natureza são indignas de serem veiculadas. E a falta de sensibilidade demonstrada, reafirma que na busca por momentos de destaque e aplausos, o ser humano pode ser frio e maldoso.

       Enquanto vereador eleito pelo povo, reitera a postura e compromisso em defesa da vida, do bem estar físico, psicológico e social de todos os chapecoenses.

      Para o Vereador, Cleiton Fossá "Ser chapecoense é motivo de orgulho!"

  • Cleiton Fossá | Vereador -

Veja também

Fossá critica gastos com publicidade06/09/13 Chapecó - Após a cassação do prefeito de Chapecó, José Caramori, por exceder o limite permitido durante ano eleitoral com gastos com publicidade, o vereador Cleiton Fossá lembra que em maio apresentou na Câmara de Vereadores requerimento pedindo informações sobre o edital para contratação de empresa especializada em prestação de serviço de publicidade e propaganda, mas o pedido foi rejeitado pelos vereadores da base......
Fossá faz visitas e ouve lideranças24/07/14 Chapecó - O vereador Cleiton Fossá tem aproveitado o mês de julho, que é de recesso parlamentar, para realizar visita à lideranças comunitárias em alguns bairros de Chapecó. O parlamentar explica que no período de recesso não são realizadas sessões na Câmara,......

Voltar para NOTÍCIAS