Postado em 31 de Maio de 2017 às 19h02

Após denúncia de Fossá, edital de iluminação pública é anulado em Chapecó

Chapecó – A prefeitura de Chapecó anulou, na tarde de terça-feira, dia 30, o edital de licitação para a troca das lâmpadas de iluminação pública em Chapecó, embora não tenha apresentado justificativa para a decisão. No dia 13 de maio de 2016, o vereador Cleiton Fossá foi à tribuna da Câmara denunciar que havia estudado o edital e constatado cláusulas que restringiam a livre concorrência, ou seja, que poderia haver direcionamento da licitação.

Na ocasião, Fossá havia declarado que a empresa Sadenco, de Florianópolis, é quem venceria o certame, pois o edital era idêntico ao de diversos municípios em Santa Catarina onde esta empresa havia vencido. A proposta vencedora, de R$ 8,9 milhões, também levantou indícios de que poderia ter superfaturamento. Três empresas que participaram do processo buscaram impugnar o certame, embora seus recursos foram indeferidos pelo poder público municipal.

Logo após, o Observatório Social de Chapecó apresentou dados de que o serviço poderia ser realizado por R$ 6 milhões, quase R$ 3 milhões a menos, o que corroborou as denúncias feitas pelo vereador no Poder Legislativo. Fossá lembra que esta é mais uma licitação que apresenta problemas em Chapecó. 'Já ocorreu com a Efapi 2013, com o transporte coletivo e com a merenda escolar, só para citar alguns exemplos. Seguiremos fiscalizando', finaliza ele.

 

Bruno Pace Dori, Assessoria de Comunicação Cleiton Fossá

Veja também

Startups: empreendedorismo, inovação e tecnologia05/06/18 Chapecó – Vale do Silício, localizado na Califórnia. Foi nesta região que surgiu, na década de 1990, a expressão “Startup”, assim foram caracterizadas as empresas recém-criadas que elaboravam produtos inovadores e tecnológicos. Logo, a criação da Startups ainda representa modelos inovadores de negócios em todas as......

Voltar para NOTÍCIAS