Postado em 17 de Março às 14h57

Coronavírus - Entenda o que é a Doença e saiba o que fazer!

       Eventos cancelados, aulas canceladas, cidades vazias e uma epidemia que assusta, adoece e pode levar a morte. A doença causada pelo Coronavírus recebeu o nome de Covid-19, e teve os primeiros casos registrados em 2019, na China. 

       De lá pra cá, o vírus infectou cerca de 169.000 pessoas em todo o mundo, com mais de 5.800 mortes, incluindo mais de 400 mortes somente nas últimas 24 horas.

       Depois da queda no número de casos na China, a Europa se tornou o epicentro da doença, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), que na última quarta-feira (11), declarou pandemia de Coronavírus.

       A medida, significa que quando um grande surto afeta uma região se espalha pelos continentes através das pessoas infectadas. 

       No Brasil, de acordo com as informações do Ministério da Saúde, divulgado neste sábado (14), são 121 casos confirmados, 1497 suspeitos e 1413 descartados. 

       Aqui em Chapecó, foram registrados três casos de Coronavírus, que ainda aguardam resultados dos exames, mas seguem em quarentena. 

 

Saiba mais:

Quais são os sintomas?

       Tosse seca, febre, cansaço e dificuldade para respirar são os principais sintomas da doença causada pelo Coronavírus

       Os sinais e sintomas do Coronavírus são principalmente respiratórios, semelhantes a um resfriado. 


Como é a transmissão?

       A transmissão dos Coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como:

  • gotículas de saliva;
  • espirro;
  • tosse;
  • catarro;
  • contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão;
  • contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.


Como se prevenir?

  •  Lave regularmente as mãos com água e sabão;
  •  Use álcool em gel;
  • Cubra o nariz e boca ao espirrar ou tossir;
  • Coloque os lenços usados na lixeira imediatamente e lave as mãos depois;
  • Evite aglomerações se estiver doente;
  • Mantenha os ambientes bem ventilados e arejados;
  • Se você possui uma doença crônica ou é idoso, evite grandes aglomerações;
  • Não compartilhe objetos pessoais;
  • O uso de máscaras é mais recomendado para quem estiver em contato com alguém com sintoma gripal ou for viajar para as áreas de risco de contaminação;
  • Pacientes com doenças crônicas devem pedir receitas de remédios com maior validade para irem aos postos de saúde com menos constância;
  • Priorizar o atendimento e a testagem de indivíduos com síndrome respiratória aguda grave (SRAG);
  • Cancelar ou adiar eventos pontuais em locais fechados com mais de 100 pessoas;
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas, e para algumas situações medidas de precaução por aerossóis.


Quem precisa ir ao hospital?

       A recomendação é de que procure os postos de saúde quem apresentar sintomas como febre baixa, tosse, dor de garganta e coriza, e sentir a necessidade de atendimento médico. 

       Já para os profissionais da saúde é de que avaliem rapidamente todas as pessoas que apresentarem esses sintomas. 


Como é o tratamento?

       Não existe tratamento específico contra a Covid-19. Os pacientes infectados recebem uma medicação para aliviar os sintomas. Esse tratamento é a base de medicamentos para dor e febre, e umidificar os espaços para aumentar a umidade e aliviar a dor de garganta e tosse.



Assessoria de Comunicação Vereador Cleiton Fossá

Veja também

Lei Federal garante vagas para irmãos na mesma escola 20/01         Você sabia? A Lei 13.845/19 publicada no ano passado, alterou o inciso V do art. 53 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), e incluiu a garantia de vagas no mesmo estabelecimento para irmãos que frequentem a mesma etapa ou ciclo de ensino da educação básica.         A lei pode pôr fim a um problema muito......

Voltar para NOTÍCIAS