Postado em 24 de Abril de 2017 às 16h34

Fossá protocola projeto que cria Programa e-Cidadania

Chapecó - Estimular e possibilitar maior participação dos cidadãos, por meio da tecnologia da informação e comunicação, nas atividades legislativas, orçamentárias, de fiscalização e de representação da Câmara de Vereadores de Chapecó. Esta é a proposta do vereador Cleiton Fossá, através do Projeto de Resolução 026/17, que cria o Programa e-Cidadania. Conforme a iniciativa, qualquer cidadão pode propor ideias de projetos e proposições através do Programa e-Cidadania, que será mantido em espaço específico no sítio do Poder Legislativo na internet, no qual o cidadão poderá optar pelo tipo de proposição ou projeto e apresentá-lo. Após isso, a iniciativa passa a tramitar na Câmara de Vereadores de Chapecó. A ideia legislativa recebida por meio do Portal precisa obter apoio de 5% do número de eleitores de Chapecó (hoje aproximadamente 7 mil pessoas) em três meses. O projeto terá tratamento análogo ao dado a todas as proposições previstas no Regimento Interno da Câmara e será encaminhada pela Secretaria às Comissões responsáveis ou à Assessoria Legislativa. Conforme Fossá, o projeto de resolução tem como objetivo abrir um canal de comunicação direta com os cidadãos chapecoenses, com a finalidade de lhes permitir a apresentação de propostas que entendam ser relevantes, propondo o debate das matérias que para o cidadão sejam pertinentes, e fomentando, assim, uma participação popular maior e mais saudável. 'O atual cenário político exige tal medida, uma vez que o povo, desacreditado em meio a tantas notícias de corrupção, possa ter uma oportunidade de participação direta, instigando-se, inclusive, não apenas a uma mera participação, mas também a fiscalização, o que somente pode contribuir para o combate à corrupção e estimulação da cidadania', resume Fossá.

Veja também

Vereadores de Chapecó rejeitam R$ 10 milhões para saúde e educação10/10/17 Chapecó - Na votação do Plano Plurianual (PPA) para o período de 2018 a 2021, os vereadores da base governista votaram contra as emendas do vereador Cleiton Fossá, que transferia R$ 10 milhões da Secretaria de Comunicação Social, previsto para gastos com publicidade, para as Pastas de Saúde e Educação. Na proposta apresentada por Fossá, os R$ 10 milhões seriam investidos no Hospital da Criança, em uma Unidade de......

Voltar para NOTÍCIAS