Postado em 12 de Maio às 20h16

Linhas de Crédito frente à pandemia do novo coronavírus

Cleiton Fossá | Vereador A pandemia do novo coronavírus, aqui no Brasil impactou fortemente na área da economia. Com o isolamento social decretado, empresas fecharam as suas portas e os trabalhadores ficaram em casa. Em...

A pandemia do novo coronavírus, aqui no Brasil impactou fortemente na área da economia. Com o isolamento social decretado, empresas fecharam as suas portas e os trabalhadores ficaram em casa.

Em Santa Catarina, por exemplo, que são 785.147 pequenos negócios, destes 380.472 são micro e pequenas empresas e os demais são microempreendedores individuais, que sofrem com a situação, segundo o SEBRAE/SC.

Considerando a importância dos negócios locais e da sua responsabilidade como gerador de impostos, renda e emprego, os municípios como Chapecó enfrentam dificuldades e, logicamente, outros setores são atingidos.

A chamada reação em cadeia, é vista quando o setor empresarial e a agricultura passam por dificuldades. Com a variação negativa da produção e do faturamento, todo o município sofre, inclusive o trabalhador.

As linhas de crédito e financiamento, são possibilidades que podem contribuir fortemente para o enfrentamento da crise econômica.

Apesar de alguns setores já estarem liberados para atuação, o cenário é muito incerto e, possivelmente, não segue seu fluxo normal financeiro. Também é necessário avaliar que foram 40 dias de isolamento social com empresas fechadas.

Por isso, é importante e decisivo o papel do Estado em apresentar propostas e medidas de crédito que auxiliem os empresários em vista da manutenção e sustentação das empresas.

Abaixo está uma seleção de algumas linhas de crédito anunciadas até o momento:


Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe)


O Senado aprovou o PL 1.282/2020, que prevê uma linha de crédito especial para os negócios com receita de até R$ 4,8 milhões por ano. Contudo, para virar Lei, o material precisa da sanção presidencial.

O projeto cria o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), que tem o objetivo de auxiliar no desenvolvimento e fortalecimento dos pequenos negócios brasileiros.

Acesse aqui e saiba mais:
https://www25.senado.leg.br/web/atividade/materias/-/materia/141363

 

Microcrédito Juro Zero- Governo de Santa Catarina

Empréstimos de até R$3 mil podem ser realizados e parcelados em oito prestações em linha de crédito apresentada pelo governo estadual catarinense. 

Juro Zero como é denominada, possibilita ao microempreendedor com receita anual de até R$ 81 mil, a contratação de recurso financeiro, para a expansão do seu negócio.

Acesse aqui e saiba mais: http://www.jurozero.sc.gov.br/

 


Linha Badesc Emergencial

No momento com recursos esgotados, a Linha Badesc Emergencial é destinada, especialmente, às micro e pequenas empresas afetadas pela pandemia. 

Com período de carência de 12 meses e com a taxa efetiva final subsidiada pelo governo de Santa Catarina, o crédito exige garantia real de 100% do valor financiado.

Acesse aqui e compreenda melhor:
http://cleitonfossa.com.br/noticias/mocao-de-cleiton-fossa-apela-por-ampliacao-dos-recursos-da-linha-badesc-emergencial

Você também pode se informar diretamente no site:
http://www.badesc.gov.br/portal/linha_emergencial_covid19.jsp



Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul - BRDE

O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul apresenta o Programa Emergencial de crédito para recuperação da economia na Região

Microcrédito, Capital de Giro para Micro e Pequenas Empresas, Programa de Investimentos (“pós-crise”) e Repactuação de Pagamentos são algumas das modalidades inclusas no Programa

São R$ 100 milhões de novos recursos disponibilizados para Giro - Microcrédito e Micro e Pequenas Empresas, carência de 06 meses na repactuação de dívidas e R$ 400 milhões de novos recursos para investimentos pós-crise.

Acesse aqui: https://www.brde.com.br/noticia/brde-recupera-sul/

 


Caixa Econômica Federal


Empresas com faturamento anual de até R$ 4,8 milhões por ano podem solicitar o crédito. A linha está disponível desde o final do mês de abril. 

Dessa forma, os financiamentos podem ser solicitados através de um cadastro no site da instituição financeira. Os juros do empréstimo podem variar de 1,19% a 1,59% ao mês.

Acesse aqui e saiba mais:
http://www.caixa.gov.br/caixacomsuaempresa/Paginas/default.aspx

 

Banco do Brasil

Pequenas e médias empresas podem pedir a linha de crédito emergencial para pagar o salário dos funcionários. 

O crédito vem a partir de repasses de fundo emergencial aprovado pela União para auxiliar no pagamento, por dois meses da folha de pagamento.

Acesse aqui e saiba mais:
https://www.bb.com.br/pbb/pagina-inicial/empresas-beta/linha-de-credito-emergencial-fopag-covid-19?utm_source=boxprodutohome&utm_medium=home&utm_campaign=mpe#/

 

 

Fique por dentro das atualização sobre o Coronavírus pelo WhatsApp, ou acompanhe a atuação de Cleiton Fossá pelas redes sociais: Facebook e Instagram.




Assessoria de Comunicação Vereador Cleiton Fossá

  • Cleiton Fossá | Vereador -

Veja também

Brasil registra mais de mil mortes e quase 20 mil casos confirmados de coronavírus11/04        Do primeiro caso confirmado de Coronavírus no Brasil, até este sábado (11), véspera de Páscoa, passaram-se 44 dias difíceis de muitas mortes, pessoas internadas nos hospitais e de isolamento social.        Ao todo, o Brasil registra 1.056 mortes e 19.638 casos confirmados. O número mais que dobrou desde a semana......
ONG trabalha no combate ao suicídio23/09/14 Chapecó - O coordenador do Centro de Valorização da Vida (CVV) em Santa Catarina, João Régis da Silva, participou da sessão da Câmara de Vereadores de Chapecó na manhã desta terça-feira (23). Ele atendeu convite através do requerimento 238/14, do vereador......

Voltar para NOTÍCIAS