Postado em 04 de Junho de 2018 às 12h53

Parque Tecnológico deve estar pronto até o fim do ano

Cleiton Fossá | Vereador Chapecó – Através de iniciativa do vereador Cleiton Fossá, a Câmara Municipal de Chapecó promoveu, na manhã desta segunda-feira, dia 4, Audiência Pública para...

Chapecó – Através de iniciativa do vereador Cleiton Fossá, a Câmara Municipal de Chapecó promoveu, na manhã desta segunda-feira, dia 4, Audiência Pública para debater a construção, infraestrutura e forma de gerenciamento do Parque Científico e Tecnológico de Chapecó. Especialmente, a reunião discutiu o atraso na execução da obra e o prazo para a conclusão da edificação, ainda mais levando em conta que este é ano eleitoral.

Cleiton Fossá conduziu a Audiência Pública, que teve a participação do secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Adenilso Biasus, do secretário-executivo da Agência de Desenvolvimento Regional de Chapecó (ADR), Sergio Galli, do secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Chapecó, Márcio Sander, do reitor da Unochapecó, Cláudio Jacoski, e do deputado federal Valdir Colatto, além de empresários.

O Parque Científico e Tecnológico de Chapecó é um dos 13 Centros de Inovação que estão em construção em Santa Catarina, através do Governo do Estado, em um projeto tripartite, que envolve prefeituras e universidades. A construção em Chapecó iniciou em 2014, mas está parada, uma vez que a empresa responsável decretou falência. Conforme Biasus, há recursos disponíveis para a conclusão da obra e também para a compra do mobiliário.

O diretor de Captação de Recursos de Chapecó, Osmar Buss, afirmou que o edital de contratação da nova empresa foi lançado dia 17 de maio e finaliza dia 19 de junho, sendo que a obra deve ser concluída até o final do ano. Para Fossá, o Legislativo resgatou esse importante debate para o município e região Oeste. Segundo ele, com os recursos já garantidos, é necessário discutir agora como será feita a gestão e o custeio do Centro de Inovação.

Movimentação econômica

De acordo com o presidente do Polo Tecnológico do Oeste Catarinense (Deatec), André Telöcken, são 110 empresas integradas à associação, que juntas geram mais de 3 mil empregos diretos, e movimentam, anualmente, cerca de R$ 300 milhões. “A Tecnologia e Inovação é uma matriz econômica emergente, que terá missão primordial no mercado de trabalho e no desenvolvimento social de toda a região Oeste”, comentou Fossá.

O empreendimento

O primeiro edifício do Parque Científico e Tecnológico tem projeto desenvolvido de 3.637,45 m², a ser construído em um terreno de 2.231,33 m², junto a Unochapecó, situado na rua Eduardo Pedroso da Silva, no bairro Efapi. O terreno foi doado pela Fundeste, mantenedora da Unochapecó, à prefeitura de Chapecó. Até o momento já foram investidos R$ 4,8 milhões na obra, recursos do Governo do Estado, sendo que o custo total previsto é de R$ 9 milhões.

Objetivos do Parque

Os principais objetivos do Centro de Inovação é transferir conhecimento para a região de Chapecó, primando pelo desenvolvimento e competitividade dos diversos setores apoiados; permitir integração entre setores produtivos locais; atrair novas empresas; dar condições para o surgimento de startups; oferecer suporte técnico e serviços especializados; e propiciar a evolução de ideias, projetos e processos no âmbito dos setores públicos e privados.

Conselho Municipal

A Política Municipal de Incentivo à Inovação e Tecnologia, conhecida como Lei da Inovação, e o Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação (CMCTI), foram criados no ano de 2013. A Câmara de Chapecó realizou, através de proposta de Fossá, três reuniões de trabalho com o objetivo debater esta nova matriz econômica. O vereador ressalta que este projeto teve a participação de diversas entidades e que foi uma construção coletiva da sociedade.

 

Bruno Pace Dori, Assessoria de Comunicação Cleiton Fossá

Veja também

Fossá quer liberação de recursos da Floresta Nacional18/08/17 Brasília/DF - Em agenda na Capital Federal, na tarde desta quinta-feira, o vereador Cleiton Fossá esteve no Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), onde foi acompanhado pelo assessor do deputado federal Mauro Mariani, Dionei Walter da Silva. Lá, eles foram recebidos pela assessora parlamentar da presidência do ICMBio, Ana Fluvia Virtuoso, e pela diretora de planejamento do órgão, Flavia......
Gabinete Virtual completa um ano05/12/18 Chapecó – O “Gabinete Virtual”, inovação lançada pelo mandato do vereador Cleiton Fossá, completou um ano de lançamento neste dia 5 de dezembro. Durante o ano de 2018, foram recebidos 1.851......

Voltar para NOTÍCIAS