Postado em 01 de Setembro de 2015 às 20h39

Pedido de informação sobre retorno de comissionados é negado

Câmara De Vereadores (17)Chapecó (304)Cleiton Fossá (314)Comissionados (5)Fiscalização (7)Informações (3)Prefeitura (38)
Chapecó - O requerimento 296/15, apresentado pelo vereador Cleiton Fossá, foi rejeitado pela bancada governista na sessão de terça-feira (1ª) da Câmara de Vereadores de Chapecó. O documento solicitava informações a respeito das exonerações dos cargos comissionados feitas pela prefeitura de Chapecó em 30 de junho e renomeados após essa data. Fossá argumentou que a justificativa dada à imprensa pela administração municipal, de que a recontratação de alguns comissionados que haviam sido recentemente exonerados foi necessária para repor funções de servidores concursados que supostamente pediram exoneração, pode configurar ato de improbidade administrativa por parte do governo. O vereador explicou que cargo comissionado somente deve exercer função de chefia, direção e assessoramento e não preencher vagas de pessoas aprovadas em concurso público, sendo que recentemente um concurso foi homologado. 'Não estou questionando haver cargos comissionados, mas, sim, que eles ocupem função de servidor efetivo', disse Fossá. Apesar da argumentação, a bancada governista votou contra o requerimento, alegando que as renomeações foram necessárias para recompor servidores que pediram exoneração. 'Infelizmente, não se ateram ao teor do requerimento. Agora, vamos buscar alternativas para obter essas informações'. Fossá não descarta pedir a abertura de uma CPI.

Veja também

Fossá apresenta projetos na área da saúde02/06/14 Chapecó - O vereador Cleiton Fossá tem promovido nas redes sociais campanha onde solicita apoio ao projeto de sua autoria, número 003/14, que tramita na Câmara de Vereadores de Chapecó. Esse projeto dispõe sobre a divulgação das listagens de pacientes que aguardam por consultas com médicos especialistas, exames e cirurgias em toda rede pública municipal de Chapecó. Após o parecer jurídico contrário ao projeto ter......

Voltar para NOTÍCIAS