Postado em 10 de Agosto às 09h39

"Precisamos virar a página na política de Chapecó", afirma vereador Cleiton Fossá

       O vereador Cleiton Fossá afirmou na manhã desse sábado (08) que só existem duas maneiras de fazer política: uma delas estando próximo ao povo e a outra é fechado dentro de um gabinete. A escolha por estar próximo do povo contempla a atenção constante aos veículos de imprensa.

       Com esse objetivo, o vereador participou de uma live no facebook do portal Alô Notícias e destacou como pretende transformar a visão sobre fazer política no município. O vereador salientou que está em fase de elaboração um “Plano de mudança” que vai impactar Chapecó. “Eu fui o vereador mais votado da história do MDB.

       Certamente vamos nos unir com partidos que tenham uma visão de Chapecó com oportunidades, que promova a inclusão, e seja geradora de oportunidades com uma gestão eficiente e transparente”. 

       O projeto do pré-candidato a prefeito está baseado em três pilares: saúde, educação e tecnologia. “Um prefeito não pode ser covarde. Precisa ter coragem e competência. Vivemos uma pandemia e sabemos que Chapecó recebeu R$ 27 milhões e ainda faltam medicamentos, testes além de estarmos a beira do lockdown novamente.

       Pensando nisso, vamos lançar um “Plano Pós-covid” para recuperação da economia e atenção rigorosa à saúde”, enfatizou Cleiton. 

       Cleiton foi questionado sobre o “Mensalão do Cargo Comissionado”, um tema polêmico que tem repercutido no município. “Vereadores assumem o mandato e logo são chamados para a prefeitura, deixando vagas para suplentes. Tentei apresentar esse projeto na Câmara de Vereadores, entretanto os vereadores não aprovaram.

       Por isso, sob iniciativa do coletivo “Coragem para Mudar”, apresentamos um Projeto de Lei de iniciativa popular chamado “Basta, temos que mudar!”, que prevê acabar com a imoralidade na administração pública”, reforçou. 

Saiba mais sobre o projeto “Basta, temos que udar!”: https://bit.ly/31BxWZD 

       Fossá destacou que há 24 anos os mesmos grupos partidários ocupam o poder em Chapecó e os eleitores precisam de renovação. "O eleitor quer resultado, um plano de ação e prazo para execução. Precisamos avançar em mobilidade urbana, na educação, qualificação, tecnologia e inovação. A política que aprendi é estar perto das pessoas, de viver o meu município, sentir as necessidades das pessoas, finalizou.



Assessoria de Comunicação Veerador Cleiton Fossá

Veja também

Policiais civis são homenageados em Chapecó28/10/15 Chapecó - A Polícia Civil de Santa Catarina realizou, no fim da tarde desta quarta-feira (28), homenagem aos policiais civis com 30 anos de serviços prestados. Na 12ª Delegacia Regional de Chapecó, quatro policiais civis foram homenageados com menção honrosa: os agentes de Polícia Paulo Augusto Agne, Graan Winckler, Miralda Scussiatto e Inês Teresinha Ferri. Outras homenagens serão realizadas ainda no decorrer deste......
Inspire-se e ajude Sofia Helena20/06 O tempo datava o ano de 2011 e em seu local de trabalho, os jovens Silvana Porte e João Marcos Helfer, se conhecem e há sete anos trilham juntos seus caminhos como casal, e a quase um ano como pais da pequena Sofia Helena Helfer. A ideia do......

Voltar para NOTÍCIAS