Postado em 22 de Agosto às 15h10

Qual atividade física é adequada para cada faixa etária durante a pandemia de Coronavírus?

       Em Chapecó são quase seis mil pessoas infectadas pelo Coronavírus e o Brasil já ultrapassou três milhões de casos de Covid-19. Apesar desse cenário pessimista, manter a prática de atividade física é fundamental para uma boa imunidade, saúde mental e disposição para as tarefas do dia a dia.

       Crianças, adultos e idosos podem adaptar a rotina de exercícios neste período de pandemia e promover uma saúde de qualidade. 

       Com o objetivo de orientar a prática adequada para cada faixa etária, a Coordenação-Geral de Promoção de Atividade Física e Ações Intersetoriais, do Ministério da Saúde, elaborou algumas sugestões, confira: 

       Menores de 2 anos: Indica-se estímulos com música e momentos de brincadeira com a família. Exemplo: rastejar, engatinhar, manipular objetos e texturas, correr ou andar.

       Entre 3 e 4 anos:
As atividades físicas já podem ter maior intensidade. Por exemplo: subir e atravessar objetos, dançar, pular corda, brincar de esconde-esconde.

      Maiores de 5 anos: Jogos, brincadeiras e danças. Vale também brincar de esconde-esconde, de mímica, criar coreografias, pular corda, elástico e amarelinha. Videogames que estimulam os movimentos corporais também são bem-vindos.

       Para todas as faixas etárias das crianças, é essencial que o tempo em frente às telas (tablets, celulares e televisão) seja reduzido ao máximo possível e seja substituído por atividades físicas, como as citadas acima.


Adultos

       São recomendadas atividades físicas de intensidade moderada a vigorosa, que podem ser realizadas no tempo livre ou durante os afazeres domésticos. Vale dançar, pular corda, subir escadas.

       Para quem está em home office durante a pandemia, é importante evitar longos períodos sentado. Levante-se de tempos em tempos para se movimentar, seja para buscar água, ir ao banheiro ou até mesmo dar uma volta pela casa.

       Para os iniciantes em qualquer atividade física, é recomendável começar pelas mais leves. Os exercícios de alongamento e relaxamento podem ser realizados em casa, sem a necessidade de muito espaço, como no chão ou em pé.

       Da mesma forma, podem ser feitos os exercícios de fortalecimento que envolvem grandes grupos musculares, como se sentar e se levantar de uma cadeira ou agachar para levantar objetos com pouco peso (1 a 2 kg). É importante sempre respeitar os limites do próprio corpo.

       Para adultos que já têm contato com a atividade física, é hora de adaptar os exercícios em casa ou diversificar as atividades. Além disso, mantenha sempre o corpo hidratado e beba água várias vezes ao dia.


Idosos

       Eles podem realizar alongamentos simples e exercícios de fortalecimento muscular. Alguns exemplos que podem ser feitos dentro de casa são: 

       Levantar-se e sentar-se na cadeira algumas vezes seguidas, subir escadas, agachar para pegar objetos ou carregar sacolas com pouco peso. Sempre respeitando os limites do próprio corpo.

       Por ser a faixa etária com maior risco, os idosos necessitam de mais atenção e devem ficar em casa o máximo de tempo possível.

       Manter o corpo ativo ajudará a ter disposição para fazer as atividades rotineiras após o período de isolamento.


Atenção aos cuidados

  • A orientação é para que ocorra um aumento gradativo na intensidade das atividades físicas; 
  • Para que o corpo seja mantido hidratado; 
  • Para que seja iniciada e mantida uma rotina de atividade física, mesmo que seja necessária adaptações aos locais de prática; 
  • E para que seja respeitado o limite e sinais do corpo. 


Participe, apresente sua demanda ao vereador e fique por dentro da atuação do mandato por meio das nossas redes sociais: Facebook - Instagram e nosso WhatssApp.




Assessoria de Comunicação Vereador Cleiton Fossá

Veja também

Cleiton Fossá defende Porto Seco no Aeroporto de Chapecó04/10/18 Chapecó – A ampliação e modernização do aeroporto Serafim Enoss Bertaso, em Chapecó, é essencial para o desenvolvimento social e econômico de Santa Catarina, especialmente da grande região Oeste. O município já está consolidado como a capital catarinense dos Eventos de Negócios, sendo que o público principal que......
Vereador Fossá visita comunidades do interior01/07/13 Pouco menos de 10% da população de Chapecó vive na área rural e muitas comunidades estão esquecidas pela Prefeitura de Chapecó. Em suas visitas no interior do município, o vereador constatou problemas comuns em diferentes localidades como estradas mal......

Voltar para NOTÍCIAS