Postado em 24 de Setembro de 2015 às 21h17

Vereadores de Chapecó apoiam fim da doação empresarial

Câmara De Vereadores (17)Chapecó (304)Cleiton Fossá (314)Moção (6)
Chapecó - A Câmara de Vereadores de Chapecó aprovou por unanimidade nesta quinta-feira (24) moção de apoio, de autoria do vereador Cleiton Fossá (PT), endereçada ao Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), parabenizando a Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) pedindo a proibição do financiamento empresarial a partidos políticos e candidatos às eleições municipais. Na semana passada, o Supremo Tribunal Federal (STF) acatou a Adin e decidiu que a doação a partir de agora é inconstitucional, ou seja, vedada. Conforme Fossá, a doação empresarial às campanhas é a gênese da corrupção. 'Empresas, com raras exceções, não doam dinheiro para candidatos ou campanhas, elas investem nestes candidatos e, depois, cobram a conta'. O parlamentar lembrou que sempre defendeu o fim desta prática e que foi eleito vereador, em 2012, sem doação financeira empresarial. 'O político deve exercer o mandato sem 'dever' algo para ninguém. A decisão do STF favorece os políticos e empresários do bem, consequentemente, toda a sociedade', complementou Fossá.

Veja também

Fossá volta a pedir padronização dos pontos de ônibus20/01/16 Chapecó - A Lei Municipal 5.669/2009, que trata sobre a padronização dos abrigos de passageiros do transporte coletivo de Chapecó, foi aprovada pela Câmara de Vereadores em novembro de 2009. Mais de seis anos depois, entretanto, ela ainda não entrou em vigor. O motivo é que o cronograma para padronização dos pontos de ônibus deveria acontecer a partir de um decreto municipal, que ainda não foi publicado pelo poder......

Voltar para NOTÍCIAS