Postado em 03 de Setembro de 2020 às 14h17

Auxílio emergencial é estendido até dezembro com parcelas de R$ 300


      O Auxílio Emergencial será prorrogado por mais quatro meses, até finalizar o ano
.

       O valor pago por mês será de R$ 300, metade do benefício fixado inicialmente pelo governo. A decisão foi anunciada na terça-feira (01) pelo presidente Jair Bolsonaro. Ainda é necessária a aprovação do Congresso Nacional na Lei 13.982 que estabelece o benefício.

       A criação do Auxílio foi em 2 abril com o objetivo de amenizar os efeitos da crise econômica ocasionada pela pandemia da Covid-19, apoiar trabalhadores informais, autônomos, desempregados e famílias cadastradas em programas sociais do governo. Inicialmente, seriam três pagamentos de R$ 600 ou R$ 1.200, mas o decreto nº 10.412 de 30 de junho prorrogou o benefício em mais duas parcelas deste valor.

       "Não é um valor o suficiente, muitas vezes, para todas as necessidades, mas basicamente atende. O valor definido agora há pouco é um pouco superior a 50% do valor do Bolsa Família. Então decidimos aqui, até atendendo a Economia em cima da responsabilidade fiscal, fixá-lo em R$ 300", destacou o presidente Jair Bolsonaro.

Participe, apresente sua demanda ao vereador e fique por dentro da atuação do mandato por meio das nossas redes sociais: Facebook - Instagram e nosso WhatssApp.



Assessoria de Comunicação Vereador Cleiton Fossá

Veja também

Resumo da Semana: Cleiton Fossá segue na luta por todos os chapecoenses09/05/20 O vereador Cleiton Fossá, nesta semana, reafirmou o seu compromisso de luta contra o coronavírus e os impactos sociais e econômicos causados pela pandemia. Durante a sessão online da segunda-feira (04), foi aprovada a Moção Nº 85/20, que apela pela urgência da sanção presidencial do Projeto de Lei º 1.282/20, que cria uma Linha de......
Fossá pede saída de Pelicioli da Câmara10/04/14 Chapecó - O vereador Cleiton Fossá subiu quarta-feira (9) à tribuna da Câmara de Vereadores de Chapecó para pedir a saída do vereador Dalmir Pelicioli, recentemente condenado, em primeira instância, pelo crime de improbidade administrativa, quando esse foi......

Voltar para NOTÍCIAS