Postado em 21 de Setembro de 2015 às 21h09

Fossá pede saída da secretária Astrit Tozzo por suspeita de direcionamento e superfaturamento da merenda escolar

Chapecó (304)Cleiton Fossá (314)Pedido (6)Saída (4)
Chapecó - Em pronunciamento na tarde desta segunda-feira (21), o vereador Cleiton Fossá falou sobre a Ação Civil Pública de improbidade administrativa proposta pelo Ministério Público Federal e recebida pela 2ª Vara Federal de Chapecó a respeito da merenda escolar. Fossá cobrou que a atual gestão municipal cancele o contrato com a empresa Nutriplus e que substitua a secretária de Educação, Astrit Tozzo, que estava à frente da pasta no período denunciando, entre 2007 e 2009, e que segue como secretária. Para o vereador, se o governo municipal não tomar nenhuma atitude, ficará no ar a suspeita o período após 2009, cujo fornecedora da merenda segui sendo a Nutriplus, bem como Astrit Tozzo, que continuou secretária por quase todo esse período. Por fim, Cleiton Fossá lembrou que a Ação Civil Pública teve como origem uma denúncia feita pelo professor e vereador Marcelino Chiarello, em 2009. Fossá ressaltou que a memória e as lutas de Chiarello continuam vivas e devem ser preservadas.

Veja também

Prefeitura não fechou Superintendências, denuncia Fossá03/07/15 Chapecó - Uma das medidas anunciadas pela prefeitura de Chapecó para a contenção de gastos foi o fechamento de duas das cinco Superintendências - São Pedro e Passo dos Fortes. Porém, o vereador Cleiton Fossá verificou e constatou que as duas Superintendências não foram extintas, porém, apenas mudaram de local. Elas saíram de espaços alugados e foram para locais próprios da prefeitura. A Superintendência do São Pedro......
CPI do Asfalto é prorrogada18/12/13 Chapecó - Em reunião na tarde de hoje (18), os vereadores membros da CPI do Asfalto decidiram, de modo consensual, prorrogar os trabalhos da Comissão por mais 60 dias. Assim, as investigações se estenderão até 22 de fevereiro. O presidente Itamar Agnoletto, o......

Voltar para NOTÍCIAS