Postado em 01 de Julho de 2013 às 17h12

Vereador Fossá denuncia problemas na saúde pública de Chapecó

A principal função de um vereador é fiscalizar os atos do prefeito municipal e a prestação dos serviços para a comunidade.

Ainda no primeiro mês na função de legislador, Cleiton Fossá foi procurado por muitas pessoas que utilizam o Sistema Único de Saúde (SUS) para relatar problemas na rede básica. Em virtude destas reclamações, o vereador decidiu visitar as unidades de saúde e conferir o que está acontecendo.

Durante uma semana, Cleiton Fossá visitou unidades de saúde entre às 4h e 6h da manhã, antes do dia amanhecer. Ele esteve na Unidade de Saúde do Setor Norte, Unidade de Saúde do Santo Antônio, Unidade de Saúde do Quedas do Palmital, Unidade de Saúde do Universitário, Unidade de Saúde do Seminário e a Unidade de Saúde da Efapi.

Em todas as unidades visitadas os problemas são os mesmos: falta de fichas para atendimento médico; a demora para realização de exames especializados; demora para realização de consultas com médicos especialistas; falta de medicamentos; falta de médicos; falta de profissionais nas unidades; e a necessidade de ficar na fila durante a madrugada para 'conseguir'o atendimento. 'Na unidade do Bairro Efapi, por volta das 5h30min da manhã, encontramos na fila um senhor que estava no local desde as duas horas. Como a unidade inicia os trabalhos às 7h30min, este senhor permaneceu mais de cinco horas aguardando. Não podemos concordar com essa realidade. As pessoas passam esse tempo na fila e, muitas vezes, voltam pra casa sem atendimento', destacou Fossá. 

100_1823

Vereador cobra providências da Secretaria de Saúde

Ao constatar a realidade das unidades de saúde, o vereador Cleiton Fossá tomou várias medidas. Uma delas foi solicitar uma audiência com a secretária municipal de saúde, Cleidenara Weirich, para cobrar providências. 'O prefeito e sua equipe tenta o tempo todo passar a imagem que a saúde pública de Chapecó é uma maravilha. Isso não é verdade, pelo contrário, está longe disso', destacou Fossá.

Na audiência com a secretária, o vereador relatou todos os problemas encontrados nas unidades e disse que vai ficar vigilante para que sejam resolvidos. 'Vou cobrar de forma permanente um atendimento de qualidade na saúde, pois é o mínimo que o nosso povo merece', defendeu Fossá.

Vereador Cleiton Fossá propõe medidas para melhorar atendimento na saúde

Uma das medidas tomada pelo vereador Cleiton Fossá foi cobrar do prefeito a explicação sobre a razão da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), construída na Rua Sete de Setembro, no Bairro Presidente Médice, ainda não estar funcionando. A UPA está pronta e poderia desafogar o atendimento de outras unidades de saúde.

Além disso, o vereador também propôs que a Prefeitura estude a possibilidade de implantar o 'DISC SAÚDE MUNICIPAL'com o objetivo de eliminar as filas nas madrugadas nas unidades de saúde, permitindo aos chapecoenses agendar as consultas médicas pelo telefone ou internet.

Cleiton Fossá também propôs ao prefeito a ampliação do horário de atendimento médico na unidade de saúde do Distrito de Marechal Bormann, até às 22h, com mais fichas médicas. E um estudo para a construção de uma nova Unidade de Saúde no Bairro Palmital, facilitando o acesso aos serviços de saúde pública para a população da localidade.

Cleiton Fossá cria lei que obriga divulgação de lista de espera por consultas

O vereador petista protocolou um projeto de lei que obriga a 'divulgação da listagem de pacientes que aguardam por consultas com especialistas, exames e cirurgias na rede pública do município de Chapecó'. No entendimento do legislador essa medida vai evitar qualquer tipo de ingerência na fila dos pacientes, ou seja, evita que determinados pacientes possam 'furar a fila'.

Pelo projeto, todos os meses as unidades de saúde devem divulgar uma lista via internet com a quantidade de pacientes atendidos, qual a posição na fila de espera e o tempo previsto para o futuro atendimento na especialidade médica desejada, o exame ou a cirurgia de média e alta complexidade. A listagem deve preservar o nome do paciente, sendo identificado apenas pelo número do Cartão Nacional de Saúde (CNS).

Já sobre o plano anunciado pelo prefeito municipal, José Caramori, na sexta-feira (01), para amenizar os problemas com a fila por exames, consultas e cirurgias, Cleiton Fossá tem o entendimento que tal medida é uma resposta politiqueira. 'Primeiro é importante dizer que essa demanda está acumulada há oito anos, desde a gestão do ex-prefeito João Rodrigues. Segundo que essas medidas são politiqueiras visando esconder os problemas denunciados na última semana pelo nosso mandato quando visitamos as unidades de saúde', concluiu Fossá. 

Veja também

Vereador visita obra atrasada e ouve a comunidade01/11/13 Chapecó - O vereador Cleiton Fossá visitou nesta quinta-feira (31) o local onde será implantado o CEIM do Colina do Sol, no bairro Efapi. A obra começou a ser construída em maio de 2012 e era para ter sido entregue em janeiro deste ano, mas ainda está longe de ser terminada. 'E pior, a construção está parada há meses, enquanto pais e crianças esperam uma solução', comentou o vereador. Fossá apresentou......
CPI do Asfalto é instaurada22/10/13 Chapecó - A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigará possíveis irregularidades em ordens de serviço dadas pela administração municipal para pavimentação asfáltica foi instaurada oficialmente hoje (22) na Câmara de Vereadores de Chapecó, após o......

Voltar para NOTÍCIAS